Normas editoriais

1. Serão aceitos, para serem apreciados pelo Conselho Editorial, artigos e resenhas sobre cultura luso-brasileira inéditos no Brasil, com possível perspectiva interdisciplinar ou comparativa.

2. Artigos e resenhas com ênfase nos estudos literários portugueses, com possível perspectiva interdisciplinar ou comparativa com outras literaturas.

3. Entrevistas com figuras da cultura lusófona.

a) Ensaios e artigos, entre 21.000 e 28.000 caracteres digitados
(cerca de 15 a 20 páginas), incluídas as referências bibliográficas.

b) Resenhas de livros publicados ou de teses defendidas
(ambos nos dois últimos anos), entre 4.200 e 7.000 caracteres digitados
(cerca de 3 a 5 páginas).

c) Entrevistas, entre 4.200 e 7.000 caracteres digitados
(cerca de 3 a 5 páginas).

4. Todos os textos deverão ser submetidos a parecer do Conselho Editorial que poderá aprová-los integralmente, vetá-los integralmente ou sugerir modificações de estrutura ou conteúdo aos autores.

5. Os textos devem ser enviados para o e-mail convergencia.lusiada@gmail.com especificando o número da revista a que se destinam. Os textos submetidos a Convergência Lusíada deverão seguir o seguinte padrão:

a) margens de 3cm, papel A4;

b) uso da fonte Times New Roman, corpo 12, espaço 1,5 em todo o texto, exceto para as citações com mais de três linhas, para os resumos, para as notas de rodapé e para a seção das indicações bibliográficas;

c) uso da fonte Times New Roman, corpo 11, espaço simples, para as citações com mais de três linhas e para os resumos;

d) as citações de até 3 linhas devem integrar o corpo do texto e ser assinaladas entre aspas;

e) os textos não devem conter sublinhados e marcações em negrito. Para destaque, utilizar somente aspas e itálico;

f) as indicações bibliográficas deverão figurar no corpo do texto, entre parênteses, da seguinte forma: sobrenome do autor em caixa-alta; vírgula; ano da edição em questão; vírgula; abreviatura de página (p.); espaço e o número desta(s); ponto. Exemplo: (SERRÃO, 1985, p. 31-35.) Não devem ser utilizadas expressões como idem ou ibidem;

g) outros tipos de notas devem figurar no rodapé da página, em corpo 10, com espaçamento simples;

h) as referências bibliográficas devem estar no fim do texto, com a seguinte formatação: fonte Times New Roman, corpo 11, espaço simples, e conter todas as obras citadas nas indicações bibliográficas. Deve seguir as normas da ABNT, a saber:

- Para livros deverá ser seguido o seguinte formato:

SOBRENOME DO AUTOR, nome do autor. Título do livro. Local de publicação: Nome da editora, Data da publicação. (Incluir, entre o Título do livro e o Local de publicação, o número da edição, quando não for a primeira, usando para tanto o formato: número da edição em algarismo arábico, ponto, espaço, ed. Exemplo: 3ª. ed.). Quando ocorre o caso de repetição de títulos do mesmo autor, deve-se marcar a repetição do nome autoral com 6 traços; ponto; espaço; Título do livro.
(Exemplo: ______.) Os subtítulos são antecedidos de dois-pontos, com caixa-baixa, em redondo.

Exemplo:
LOURENÇO, Eduardo. O labirinto da saudade. 2ª. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1982.

______. A Europa desencantada: para uma mitologia europeia. 2. ed. Lisboa: Gradiva, 2005.

- Para artigos publicados em revistas e periódicos:
SOBRENOME DO AUTOR, nome do autor. Título do artigo, Nome do periódico, série do periódico, Local de publicação, v. Volume do periódico, n. Número do periódico, p. Páginas em que está presente o artigo, data.

Exemplo:
PESSOA, Fernando. A nova poesia portuguesa sociologicamente considerada, A Águia, 2ª. série, Porto, v. 1, n. 4, p. 101-107, abril 1912.

6. Todos os artigos devem vir já revisados e acompanhados de dois resumos de até 700 caracteres, digitados um em português e outro em inglês ou francês, no início do texto, com a seguinte formatação: fonte Times New Roman, corpo 11, espaço simples. Devem conter ainda 3 a 5 “palavras-chaves”, em português e na segunda língua escolhida, ao fim de cada resumo.

7. Todos os textos deverão estar identificados com o nome do autor, instituição de origem e um minicurrículo (com no máximo 08 linhas).

8. A aprovação do texto não significa a sua imediata publicação. Nesse caso será publicado em número posterior a critério dos editores.

9. Toda a comunicação com a revista deverá ser feita através do
e-mail convergencia.lusiada@gmail.com

 

Os editores