Número 35 – jan/jun de 2016: Sumário

Sumário

Apresentação

Paolo Alexandre Néné e Ida Alves

 

DOSSIÊ VITA NOVA

 

A “palavra essencial”, o anseio epifânico bartiano de Vergílio
Ferreira em Para sempre  

Agnès Levécot

 

O “coração” de Carlos de Oliveira e a metade da vida 

Leonardo Gandolfi

 

Novas cartas portuguesas e as promessas da Vita Nova:
da renovação à compaixão
 

Sarah Carmo

 

As sete vidas de Adília Lopes ou o renascer da “mulher-osga” 

Sónia Rita Melo

 

Vita Nova e poesia, o “grito da cotovia junto à morte”
na obra de Ana Luísa Amaral 

Catherine Dumas

 

VÁRIA

 

Vazio, colapso da forma 

Luís Quintais

 

“Criar as imagens com a pele”: o gesto como processo de leitura háptica
na experienciação de obras literárias digitais 

Diogo Marques

 

Entre átomos e letras: o clinâmen cinepoético de Manuel Gusmão 

Marleide Anchieta de Lima

 

Como perceber e atuar no mundo: as categorias da experiência
em Finisterrade Carlos de Oliveira 

Julio Cattapan

 

Entre “fazer-se” autor e personagem: o ateliê da escrita
de António Lobo Antunes
  

Tatiana Prevedello

 

António Lobo Antunes é uma personagem de ficção 

Evelyn Blaut Fernandes

 

Do exílio à espera: o espanto na escrita de Juliano Garcia Pessanha 

Ricardo Gil Soeiro

 

António Feliciano de Castilho, a literatura alemã e Ossian 

Gerald Bär

 

Atlantida: da lusitanidade à latinidade 

Zília Osório de Castro

 

RESENHAS

 

BESSE, Maria Graciete. Lídia Jorge et le sol du monde.
Paris: L’Harmattan, 2015.
 

Maria Araújo da Silva

 

HATHERLY, Ana. Le Roi de pierre. Tradução francesa de O mestre por Catherine Dumas. Paris: Anne Rideau, 2015. 

Ana Paixão

 

QUINTAIS, Luís. Exúvia, gelo e morte: a arte de Rui Chafes depois 

do fim da arte / Exuviae, ice and death: the art of Rui Chafes after the end of art. Lisboa: Documenta, 2015. 117 p. 

Pedro Pousada