Sessões Plenárias

 Local: Real Gabinete Português de Leitura

Segunda-feira, dia 13 de Setembro

09:30 – Abertura 
 

10:00LAÇOS CULTURAIS TRANSATLÂNTICOS
Coord. - Gilda Santos

Ettore Finazzi-Agrò (Universidade de Roma “La Sapienza”) –
Insula mirabilis: Portugal na encruzilhada da (Vera) Cruz
Leila Mezan Algranti (Unicamp) – 
O intercâmbio alimentar e a transmissão de saberes entre
o Velho e o Novo Mundo (séculos XVI – XVIII)
Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa) – 
Brasil omnipresente. Pensar alguns laços culturais transatlânticos antes de 1822
 

14:00PLURALIDADE NAS RELAÇÕES ATLÂNTICAS
Coord. - Tania Bessone

Arno Wehling (IHGB) –
A justiça portuguesa na América: conflitos e acomodações
José Cândido de Oliveira Martins (Universidade Católica Portuguesa-Braga) –
António Feijó e o Brasil: visões de um poeta-diplomata
Patrícia da Silva Cardoso (UFPR) – 
Portugal e as identidades em trânsito
 

16:00LIVROS EM TRÂNSITO PELO ESPAÇO LUSÓFONO
Coord. - José Cândido de Oliveira Martins

Tiago Miranda - (Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores) -
Da eficácia dos modelos epistolares, ou a recepção dos ‘manuais de secretário’
em Portugal (sécs. XVII a XIX)
Lucia Maria Bastos Pereira das Neves e Tania Maria Tavares
Bessone da Cruz Ferreira (UERJ) –
Livreiros e Impressores: Brasil e Portugal, idéias, cultura e poder (1808-1831)
Maria de Fátima Maia Ribeiro (UFBA) – 
Do atlântico negro e pardo à retórica de mare nostrum, percalços,
desafios e ditames dos mercados editorial e livresco de espaços lusófonos de hoje
 

18:00EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO

“Canção d’Além-Mar: o fado na cidade de Santos – pela voz de seus protagonistas”,
apresentado por Heloísa de Araújo Duarte Valente
(MusiMid-ECA/USP)

 

 

Terça-feira, dia 14 de Setembro

10:00 – PONTES ENTRE MUNDOS
Coord. - Vanda Anastácio

Marcio Ricardo Coelho Muniz (UFBA) –
Anchieta: ponte política luso-brasileira no sec. XVI
Adma Muhana (USP) –
Os indígenas do Novo Mundo no Quinto Império
Luiz Felipe Baêta Neves Flores (UERJ) –
O Atlântico no imaginário do padre Antonio Vieira
 

14:00 – PERIÓDICOS EM CIRCULAÇÃO ATLÂNTICA
Coord. - Madalena Vaz Pinto

Lucia Maria Paschoal Guimarães (UERJ) –
O itinerário da Atlantida (1915-1920): um projeto d’aquém e d’além mar
Jacqueline Penjon (Université de Paris 3/Sorbonne Nouvelle) –
Xavier de Carvalho, diretor de A Revista Luso-brazileira (1893)
Adriano de Freixo (PPGEST-UFF) – “Sei que estás em festa, pá”:
a imprensa brasileira e a Revolução dos Cravos
 

16:00 – LER E ESCREVER O ATLÂNTICO
Coord. - Patrícia Cardoso

Maria Angélica B. G. Madeira (UNB) –
Atlântico Barroco
Pedro Serra (Universidade de Salamanca) –
Lira Antártica: arqueologias da voz em D. Francisco
Manuel de Melo e António Franco Alexandre 
Jorge Vaz de Carvalho (CECC- Universidade Católica Portuguesa-Lisboa) –
Jorge de Sena: Paisagem e Humanismo
 
 
 

Quarta-feira, dia 15 de setembro

10:00 – TRAVESSIAS LITERÁRIAS PELO ATLÂNTICO

Coord. - Pedro Serra

Berty Biron (RGPL) –
Ficção e História entrelaçadas no Atlântico
Ida Alves e Angela Telles (UFF/UNESA) –
Atravessando o Atlântico: imagens de brasileiros
por portugueses
Luis Bueno (UFPR/CNPq) – Amando Fontes:
um escritor brasileiro atravessa o Atlântico
 

14:00 – RELATOS DE VIAGEM E DIÁLOGOS CULTURAIS
Coord. - Maria Angélica Madeira

Sheila Moura Hue (RGPL) –
Ingleses no Brasil: relatos de viagem. 1526-1608
Luciana Villas Bôas (UFRJ) – Extravio e autoridade
em relatos ingleses sobre o Brasil do século XVI
Francisco Ferreira de Lima (UEFS) – Porque me ufano
do meu país: Ambrósio Fernandes Brandão e o Diálogo das
grandezas do Brasil
 

16:00 – O ATLÂNTICO COMO PONTE INFINITA
Coord. - Ettore Finazzi Agrò

João Pedro Garcia (FCG) – De Arzila a Colónia -
A Acção da FCG na recuperação do Património Histórico
nas duas margens do Atlântico
Lucia Helena (UFF/CNPq) –
Travessias pelo Atlântico: do desassossego pessoano às
ficções do desassossego contemporâneo
Cleonice Berardinelli (UFRJ/ PUC-Rio) –
Cruzando o Atlântico, do Restelo a Porto Seguro
 

18:30 – Lançamento dos livros editados pela
FUNDAÇÃOCALOUSTE GULBENKIAN

Património de Origem Portuguesa no Mundo. Arquitetura e Urbanismo – América
do Sul (dir. José Mattoso) e Rio de Janeiro, Capital do
Império Português (1808-1821) (dir. Jorge Couto).
Alocuções do Dr. EMÍLIO RUI VILAR
(Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian e do
Centro Europeu de Fundações), da Profa. RENATA
MALCHER DE ARAUJO e do Prof. JORGE COUTO
A sessão integra-se também ao 7º ENCONTRO DE
FUNDAÇÕES DA CPLP, que decorre em São Paulo e
no Rio de Janeiro, de 12 a 16 de setembro.